The Man from Earth (2007)

41oxtUGqjlLTítulo original: The Man From Earth
Título nacional: O Homem da Terra
Gênero: Ficção Científica, Drama
Duração: 87 min
Ano de lançamento: 2007
Diretor: Richard Schenkman
Roteirista: Jerome Bixby
Elenco: David Lee Smith, Tony Todd, John Billingsley
Sinopse: John Oldman (David Lee Smith) é um professor universitário e está se mudando de cidade. Ele então convida seus amigos e colegas de trabalho para uma despedida em sua casa. Lá, ele fará uma revelação que deixará a todos ao mesmo tempo surpresos e céticos.

IMDb | Rotten Tomatoes | Filmow

O texto abaixo não contém spoilers.

“The Man form Earth” conta a história de John Oldman, um homem que, á dez anos, trabalha como professor de história em uma universidade. Repentinamente, ele anuncia a seus colegas de trabalho que irá se mudar, alegando que precisa “respirar novos ares” de tempos em tempos. O motivo não convence os seus convidados e esse é o ponto de partida para o enredo.

O filme possui um orçamento baixíssimo, e isso é perceptível pela qualidade de imagem, som e dos cenários usados. Isso pode parecer “errado” por se tratar de um Sci-Fi, gênero conhecido por possuir filmes com grandes orçamentos, como: “2001”, “Interstellar”, as sagas “Star Trek” e “Star Wars” entre muitos outros. Sendo assim, “The Man from Earth” é uma exceção da regra. Aqui, o gênero é construído e sustentado unicamente pelo excelente roteiro de Jerome Bixby. Não há efeitos especiais, naves espaciais, grandes cenários ou nada do tipo. Apenas uma excelente ideia e um cenário com três ambientes: A sala da casa de John, onde todas as revelações (com exceção de uma, a última) acontecem. No filme, a sala é o lugar onde o fantástico acontece, a história toda se desenvolve aqui. Há também o quarto onde está o telefone. Esse é o ambiente menos utilizado no filme, mas não deixa de ser importante. O quarto está totalmente ligado à razão dos personagens, é o lugar para onde eles vão para fugir do fantástico e “colocarem o pé no chão”. E por fim, a parte de fora da casa. Esse último ambiente é responsável pelo lado afetivo dos personagens principais. É lá que as cenas com o maior teor emocional (inclusive a revelação final) acontecem. Ainda relacionado ao cenário, é interessante notar que o filme começa no fim de uma tarde, usando a luz do sol para iluminação da cena. A medida em que a história avança, e as revelações vão ficando mais sérias, a noite vai caindo e a iluminação diminuindo, até chegar ao ponto em que a cena é composta por John e seus convidados em uma sala escura. Esse artifício utilizado pelo diretor reforça o tom sério do assunto ali discutido.

O diretor decidiu por usar pouca trilha sonora. Para ser mais exato, há apenas duas cenas em que essa ferramenta é usada. E nas duas oportunidades ela funciona bem, acrescentando significado as cenas em questão. A trilha é composta por uma música tribal e uma composição de Beethoven, mas como essa é uma análise livre de spoilers, eu não desenvolverei sobre o assunto para não estragar as surpresas.

Em conclusão, “The Man from Earth” é um filme de baixo orçamento, que se sustenta em seu criativo roteiro. A direção tem seus méritos, mas na maior parte do tempo cumpre seu papel sem grande destaque. As atuações deixam um pouco a desejar em alguns momentos, mas elas ficam em segundo ou terceiro plano, diante da quantidade de pontos positivos presentes nesse excelente filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s