The Den (2013)

31c7b938-60a4-4b98-a2f5-b1a770889b17-THEDENoster 2Título original: The Den
Título nacional: The Den
Gênero: Suspense, Terror
Duração: 81 min
Ano de lançamento: 2013
Diretor: Zachary Donohue
Roteirista: Zachary Donohue, Lauren Thompson
Elenco: Melanie Papalia, David Schlachtenhaufen, Adam Shapiro
Sinopse: Uma jovem estudante conhece, de dentro de sua casa, o pior lado da internet enquanto estuda o comportamento humano através de chats com webcam.

IMDb | Rotten Tomatoes | Filmow

O texto a baixo não contém spoilers.

O terror, hoje, é um gênero saturado de filmes de baixa qualidade, repletos de clichês e sem nenhuma criatividade. Entretanto, em meio a esse mar de produções medíocres, às vezes surgem algumas pérolas. Esse é o caso de “The Den” do diretor Zechary Donohue.

No filme, é contada a história de Elizabeth Benton (Melanie Papalia), uma estudante de pós-doutorado que está realizando sua pesquisa em um site chamado “The Den”, que permite aos usuários conversarem através de webcam com estranhos de qualquer parte do mundo, algo semelhante ao Omegle. Elizabeth, então, assiste ao assassinato de um dos membros desse site, enquanto seu computador parece ser hackeado por esse assassino.

O grande mérito da obra fica por conta do excelente trabalho realizado por Donohue na direção. A ação é toda mostrada através da interface de dispositivos de comunicação, como computadores e celulares, dando um tom de realismo ao longa-metragem. Outro acerto do diretor foi ter rodado quase todo o filme em plano fechado no rosto dos atores, evidenciando suas reações e criando um ambiente claustrofóbico, que é passado ao telespectador. Mas é importante ressaltar que isso só foi possível devido ao bom trabalho realizado pelo elenco, que entregam atuações convincentes e, mais importante, naturais. Essa naturalidade tira o peso da cena, e retrata de maneira casual uma conversa online entre duas pessoas, sendo elas conhecidas ou estranhas.

Outro nome que merece destaque é o de Jeremy Bramer, chefe do departamento de maquiagem. Ele realiza um trabalho extremamente competente tanto nas cenas violentas, que dão certo desconforto devido à qualidade, quanto nos detalhes. Como por exemplo, o rosto da protagonista vai ganhando traços de cansaço à medida em que o enredo vai se desenvolvendo. Ainda sobre aspectos visuais, os efeitos especiais, embora poucos e simples, contribuem também para a naturalidade da obra. Nada aqui é exagerado ou de mau gosto.

Mas há também pontos negativos. Com exceção de Elizabeth, personagem de Melanie Papalia, que foi bem construída dentro do possível, os demais – Demien Clark (David Schlachtenhaufen), o namorado e Max (Adam Shapiro), o amigo hacker – são muito genéricos e ficam soltos na trama. Em momento algum eu me importei com a trajetória deles na história. São personagens rasos e não passam disso: o namorado e o amigo hacker. Há uma tentativa de fazer Lynn Beton, irmã de Elizabeth, um pouco mais relevante para os acontecimentos, mas a tentativa é falha, uma vez que a grande cena envolvendo a personagem não acrescenta em nada para o desenvolvimento do filme.

Por fim, o desfecho. O maior inimigo do cinema de terror da atualidade. Muitos diretores e roteiristas do gênero pecam justamente no momento derradeiro da história. Esse, felizmente, não é o caso de “The Den”, que entrega um final totalmente satisfatório, além de deixar uma crítica sensacional na última cena, apontando o quão ruim pode ser o ser humano, até mesmo aqueles que se espera o mínimo de bondade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s