45 Years (2015)

Título original: 45 Years
Título nacional: 45 Anos
Gênero: Drama, Romance
Duração: 95 min
Ano de lançamento: 2015
Diretor: Andrew Haigh
Roteiristas: David Constantine, Andrew Haigh
Elenco: Charlotte Rampling, Tom Courtenay, Dolly Wells
Sinopse oficial: Falta apenas uma semana para o 45º aniversário de casamento de Kate Mercer e o planejamento para a festa está indo bem. Contudo, uma carta chega para seu marido: o corpo de seu primeiro amor foi descoberto, congelado e preservado nas geleiras dos Alpes Suíços.

IMDb | Rotten Tomatoes | Filmow

“45 Years” foi sucesso absoluto no Festival de Berlim 2015. Vencedor de dois Ursos de Prata (Melhor Ator e Melhor Atriz), o filme colocou o diretor Andrew Haigh oficialmente no radar da crítica. O pôster com o casal de idosos sugere uma obra leve e feliz sore um aniversário de casamento. No entanto, é preciso tomar cuidado com as expectativas.

Espectadores que buscam um bom romance talvez se decepcionem com “45 Years”. O filme transcende os estereótipos de gênero e apresenta um estudo sobre relacionamentos cujo objetivo não é agradar a todos. Kate (Charlotte Rampling) e Geoff (Tom Courtenay) são apresentados como um casal bem sucedido, que desperta admiração em todos à sua volta. Uma relação estável e duradoura, na qual o amor foi construído na rotina. No entanto, o conflito abordado no segundo ato ambiciona mostrar o quão rápido as coisas podem mudar.

O diretor e roteirista acerta ao optar por contar a história com foco em Kate. Tudo gira ao redor dela: diálogos, cortes, enquadramentos e variações da profundidade de campo, que evidenciam a performance de Charlotte Rampling a todo momento. A atriz britânica brilha na pele de uma mulher que tenta compreender os próprios sentimentos e descobrir qual a melhor forma de lidar com eles. Uma personagem complexa e desafiadora que simplesmente não poderia ter sido entregue a qualquer atriz.

O roteiro apresenta um contexto temporal inovador. Uma narrativa fascinante que foge do convencional a todo custo. Também é interessante observar a preocupação especial de Andrew Haigh e de seu diretor de fotografia Lol Crawley com a ambientação, abusando de planos gerais longos e abrangentes que se mostram extremamente adequados, mostrando contemplação.

“45 Years” é um filme sutil, memorável e devastador. Cuja profundidade está nos detalhes e, principalmente, nas nuances das performances. Um verdadeiro “showcase” para Charlotte Rampling, que deve finalmente receber o reconhecimento que merece.

Anúncios

2 comentários em “45 Years (2015)

Adicione o seu

    1. Obrigado Jean!!!
      Então, sinceramente não sei se o filme é baseado em algum livro. Mas se você não gosta de romances banais com estereótipos vai fundo que o filme não vai te decepcionar.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: