Brooklyn (2015)

Brooklyn-10Julho2015-03Título original: Brooklyn
Título nacional: Brooklyn
Gênero: Drama, Romance
Duração: 1h 51min.
Ano de lançamento: 2015
Diretor: John Crowley
Roteiristas: Nick Hornby, Colm Tóibín
Elenco: Saoirse Ronan, Emory Cohen, Domhnall Gleeson
Sinopse oficial: A jovem irlandesa Ellis Lacey (Saoirse Ronan) se muda de sua terra natal e vai morar em Brooklyn para tentar realizar seus sonhos. No ínicio de sua jornada nos Estados Unidos, ela sente falta de sua casa, mas ela vai tentando se ajustar aos poucos até que conhece e se apaixona por Tony (Emory Cohen), um bombeiro italiano. Logo, ela se encontra dividida entre dois países, entre o amor e o dever.

IMDb | Rotten Tomatoes | Filmow

Adaptação do romance de Colm Tóibín, “Brooklyn” foi a sensação do festival de Sundance 2015. O longa, que conta a história de uma imigrante irlandesa em Nova York, se tornou um dos filmes independentes mais bem sucedidos do ano. Ao conferi-lo, é fácil entender o porquê.

A história apresentada encontra sua universalidade no conflito entre a busca por uma vida melhor e a valorização das raízes. Não é preciso ter ido a Irlanda para compreender e apreciar a musica típica que faz os olhos do imigrante irlandês se encherem de lágrimas. Impossível não se identificar com os sonhos e ambições se chocando com o medo e o receio, enquanto a necessidade de agir exerce sua pressão. Além de amadurecimento e desapego, trata-se de um dos sentimentos mais cruéis que existem: a saudade.

O roteiro adaptado por Nick Hornby é um primor. Consegue contar uma história que possui significativa carga emocional sem cair em melodramas desnecessários. Um filme que emociona pelo sentimento que evoca, e não pela manipulação da trilha sonora.

A trajetória da protagonista é envolvente e bem amarrada. Os climas de “lar” e “lugar estranho”, constantes no filme são construídos de tal forma que nada precisa ser dito, o publico apenas sente. Tudo isso graças à contribuição dos departamentos de direção de arte e figurino extremamente adequados.

“Brooklyn” não seria o que é sem seu elenco perfeitamente escalado. Os destaques são Julie Walters, que brilha mais uma vez como o alívio cômico que se tornou sua especialidade; Emory Cohen, cujo personagem expõe a faceta romântica do filme, contribui com seu charme incomparável; e Saoirse Ronan, que é o grande acerto do filme. Com seu rosto angelical e sua notável sensibilidade, Ronan é uma dessas atrizes que possuem o dom natural de tomar o espectador pela mão e leva-lo a vivenciar os sentimentos junto dela. Os problemas de Eilis se tornam imediatamente nossos problemas. Choramos e rimos com ela, graças ao olhar hipnotizante da atriz, cuja carreira deve deslanchar depois dessa grande performance.

Por fim, um filme simples, apaixonante e despretensioso. Capaz de transformar qualquer marmanjo barbudo em garotinha adolescente por algumas horas.

Anúncios

Um comentário em “Brooklyn (2015)

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: