NEIGHBORS 2 (2016)

neighborsTítulo original: Neighbors 2
Título nacional: Vizinhos 2
Gênero: Comédia
Duração: 2h 07min.
Ano de lançamento: 2016
Diretor: Nicholas Stoller
Roteiristas: Andrew Jay Cohen, Brendan O’Brien, Nicholas Stoller, Seth Rogen e Evan Goldberg.
Elenco: Seth Rogen, Rose Byrne, Zac Efron
Sinopse: Prestes a ganhar um segundo filho, Mac e Kelly estão dispostos a dar mais um passo rumo à vida adulta: morar em um subúrbio. Mas justo na hora em que decidem vender a casa, percebem que as vizinhas ao lado são de uma fraternidade muito mais sem limites que a anterior: as garotas de Kappa Nu, que estão cansadas das restrições da faculdade e decidiram criar uma república onde podem fazer tudo o que querem. A única saída será chamar Teddy, seu antigo vizinho, para ajudá-los a combater as estudantes.

IMDb | Rotten Tomatoes | Filmow

“Vizinhos” não era necessariamente o ponto de partida de uma franquia cinematográfica. Porém, devido ao sucesso inesperado alcançado em 2014, o longa tornou-se promissor para a Universal. O diretor e roteirista Nicholas Stoller resolveu aproveitar a oportunidade para explorar melhor seu material e corrigir erros do passado. O resultado foi extremamente positivo.

A estrutura narrativa de “Vizinhos 2” segue a mesma fórmula do anterior. O que não chega a ser um defeito, graças ao timing para a comédia dos roteiristas Andrew Jay Cohen, Brendan O’Brien, Nicholas Stoller, Seth Rogen e Evan Goldberg. Essa abordagem colaborativa da produção do roteiro revelou-se bem sucedida, uma vez que o humor do longa encontra o equilíbrio perfeito entre o ousado e o inofensivo.

O elenco, grande acerto do primeiro filme, retorna em grande estilo. Seth Rogen, Rose Byrne e Zac Efron apresentam uma química que deixa explicita a liberdade dada aos atores para criar momentos hilários e inesperados através de improvisação. Há também a adição de Chloe Grace Moretz, que não chega a se destacar, apesar de ter nas mãos uma personagem importantíssima.

A personagem de Moretz expõe a faceta mais inovadora do longa. Em filmes que apresentam a temática “fraternidades”, existe uma tendência a compactuar com a lógica machista que impera nesses ambientes. A misoginia escancarada é sempre retratada como algo tradicional e inevitável. Insatisfeita com a situação, a personagem decide se libertar das amarras do sistema e fundar sua própria irmandade, onde as garotas são livres para se divertir como quiserem. No contexto atual em que os paradigmas sociais são constantemente questionados, é cafona insistir no clichê. Um momento crucial que ilustra esse aspecto é o que o personagem de Zac Efron chama atenção de um colega ao fazer um comentário machista: “chamar as garotas de vadias não é legal mais”.

Além disso, o filme se mostra engajado em outras questões sociais, como o racismo. Em uma determinada sequência, uma dupla de policiais negros invade casas de traficantes de drogas. Enquanto os traficantes brancos são tratados com violência, o negros são tratados com respeito e cordialidade. Uma critica ácida e bem humorada à conveniente seletividade da polícia em suas abordagens.

“Vizinhos 2” atende às expectativas. Todos os elementos que tornaram o primeiro filme um sucesso estão também presentes aqui. Além de divertir, cumpre uma certa função social ainda escassa no gênero.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s