LISTA: OS 7 MELHORES FILMES DE ZUMBI

“Zumbilândia 2” chega aos cinemas essa semana para suprir a demanda dos exigentes fãs de filmes de zumbis. A continuação do sucesso de 2009 vem para comprovar a força do gênero, que tem se reinventado e preservado sua relevância por mais de um século. Para relembrar os grandes momentos dos zumbis no cinema, preparamos uma lista com as melhores obras que retratam os humanos sendo atormentados pelos mortos-vivos:

  1. [Rec] – (Rec, Jaume Balagueró, Paco Plaza) 

 No filme espanhol, o corpo de bombeiros é acionado diante da primeira aparição dos mortos-vivos. A ação é acompanhada por uma equipe de reportagem que registra tudo, dando origem ao primeiro found footage do gênero. O resultado é um dos filmes de zumbis mais assustadores já feitos. O sucesso foi tanto que os americanos não resistiram à tentação de refazê-lo poucos anos depois.


  1. Zumbilândia – (Zombieland, Ruben Fleischer)

O primeiro “Zumbilândia”, lançado em 2009, conquistou o público com sua irreverência. Para criar seus zumbis, os roteiristas Rhett Reese e Paul Wernick buscaram referências em outros clássicos do gênero: o folclore de “A Noite dos Mortos Vivos”, o tom satírico de “Todo Mundo Quase Morto” e os zumbis super velozes de Extermínio. O resultado foi uma aventura extremamente cativante e bem-humorada.


  1. Invasão Zumbi (Busanhaeng, Sang-ho Yeon)

Com “Invasão Zumbi”, o gênero atingiu um patamar inédito: foi o primeiro filme de zumbis a ser exibido no festival de Cannes. O coreano Sang-ho Yeon utilizou os mortos-vivos como pano de fundo para um drama familiar extremamente bem construído. O resultado foi um dos filmes mais elogiados da edição de 2016 do festival.


  1. Extermínio (28 Days Later…, Danny Boyle)

No longa de 2002, o vírus que transforma humanos em zumbis foi espalhado devido a libertação forçada de macacos infectados por um grupo de ambientalistas desavisados. O filme, dirigido por Danny Boyle, se destacou pela alegoria política e por ser pioneiro ao conferir agilidade aos zumbis.


  1. Todo Mundo Quase Morto (Shaun of the Dead, Edgar Wright)

A comédia de 2004 veio para provar que zumbis não estão necessariamente ligados ao gênero terror. Aqui, Edgar Wright já esboçava sua habilidade para a comédia visual que posteriormente encantou o mundo em “Baby Driver”. Apesar do tom satírico, “Todo Mundo Quase Morto” traz uma crítica social sagaz ao traçar paralelos entre os comportamentos de humanos e zumbis.


  1. A Noite dos Mortos Vivos (Night of the Living Dead, George A. Romero)

O clássico de George A. Romero é considerado precursor do gênero. Lançado em 1968, foi o primeiro a apresentar os zumbis como conhecemos hoje: mortos-vivos sedentos por carne humana que transmitem a infecção por meio da mordida, e apenas podem ser mortos com golpes na cabeça. O filme, que foi um grande sucesso na ocasião de sua estreia, consolidou Romero como a maior referência do gênero. O diretor refez o filme o filme em 1990 com mais recursos e efeitos especiais mais realistas.


  1. Despertar dos Mortos (Dawn of the Dead, George A. Romero)

Talvez a obra mais importante sobre zumbis já feita. Lançado em 1978, o filme dirigido por George A. Romero inspirou o remake de mesmo nome encabeçado por Zach Snyder em 2004. Ao contrário da obra mais recente, o original tece uma crítica ferrenha ao modelo capitalista ao se passar, quase que inteiramente, dentro de um shopping comparando zumbis a consumistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s