CRÍTICA: ESCAPE ROOM (2019)

Zoe (Taylor Russell), Ben (Logan Miller) e Jason (Jay Ellis) são jovens que estão em momentos completamente diferentes de suas vidas. A primeira é uma garota prodígio que luta contra sua insegurança para se destacar na faculdade; o segundo tenta sem sucesso uma promoção no supermercado onde trabalha; e o último ocupa um alto cargo numa multinacional. Continuar lendo “CRÍTICA: ESCAPE ROOM (2019)”

Anúncios

CRÍTICA: A FAVORITA (2018)

Além de ter a palavra final em todas as decisões políticas do reino, a rainha Anne da Inglaterra (Olivia Colman) é extremamente mimada e bajulada em sua intimidade. Basta tocar um sininho para que uma equipe de serviçais apareça imediatamente em seus aposentos para lhe fazer uma massagem. Anne tem tudo do bom e do melhor. Somente uma coisa lhe falta: felicidade.

Continuar lendo “CRÍTICA: A FAVORITA (2018)”

CRÍTICA: ASSUNTO DE FAMÍLIA (2018)

Hatsue Shibata (Kirin Kiki) é matriarca de uma grande família. Suas duas filhas, Nobuyo (Sakura Andô) e Aki (Mayu Matsuoka), seu genro Osamu (Lily Franky), e seu neto Shota (Jyo Kairi) vivem sob seu teto – um cubículo localizado nos arredores de Tóquio, onde as pessoas dividem espaço com centenas de itens que não possuem muito valor além do sentimental – e tendo sua pensão como principal fonte de renda. Alguns até arrumam empregos para ajudar a complementar a renda, mas o que realmente faz diferença no sustento da casa é um hábito incomum de Osamu e Shota: furtar produtos em supermercados.

Continuar lendo “CRÍTICA: ASSUNTO DE FAMÍLIA (2018)”

CRÍTICA: ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD (2018)

Texto escrito por Bárbara Jenis

“Animais Fantásticos e os crimes de Grindelwald” (2018) é mais um filme do universo mágico de Harry Potter, e é o segundo da saga intitulada “Animais Fantásticos”, que estreou em 2016.

Continuar lendo “CRÍTICA: ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD (2018)”

1º PRÊMIO MOVIES PUB: MENINOS NÃO CHORAM (1999)

“Meninos não choram” é um filme para quem tem estômago. Dirigido e roteirizado por Kimberly Peirce, em 1999, conta a história de um personagem que se recusa a interpretar o papel social que lhe fora pré-estabelecido, e por isso é duramente reprimido. Sua trajetória é repleta de momentos revoltantes de violência e crueldade.

Continuar lendo “1º PRÊMIO MOVIES PUB: MENINOS NÃO CHORAM (1999)”