CRÍTICA: BLACK MIRROR S05 (2019): A PIADA DE MAL GOSTO DE CHARLIE BROOKER

“Isso é muito Black Mirror” é uma frase que acabou caindo no vocabulário popular após o sucesso da série antológica de ficção científica criada por Charlie Brooker e exibida no mundo todo pela Netflix. As histórias extrapolam o desenvolvimento tecnológico a fim de mostrar de forma bastante realista como os seres humanos reagem a essas evoluções, para o bem ou para o mal. Com isso, o próprio nome da série se tornou sinônimo de quando aplicativos e gadgets nos assustam tamanho seu avanço e eficiência.

Continuar lendo “CRÍTICA: BLACK MIRROR S05 (2019): A PIADA DE MAL GOSTO DE CHARLIE BROOKER”

Anúncios

CRÍTICA: GAME OF THRONES (2011 – 2019)

De tempos em tempos surgem séries que ganham popularidade e se tornam discutidas e referenciadas por uma infinidade de pessoas, como foi o caso de Friends (1994-2004), Lost (2004-2010), Breaking Bad (2008-2013), entre outras. Com a internet cada vez mais democrática isso se potencializou e grande aposta da HBO surfou com maestria essa onda. Apesar de todas a polêmicas e revoltas de fãs, é inegável que Game Of Thrones foi a série mais popular desta década.

Continuar lendo “CRÍTICA: GAME OF THRONES (2011 – 2019)”

HERÓIS DOS QUADRINHOS: BILL FINGER E BOB KANE

Em 1939, o personagem da Action Comics, Superman, já estava bem estabelecido e com um sucesso estrondoso. Tal acontecimento começou a inspirar outros quadrinistas a criarem e publicarem seus próprios super-heróis. Na continuação da série de textos sobre os mais importantes autores de HQ’s, exploraremos o primeiro grande sucesso após a criação do krypitoniano: Batman, o Cavaleiro das Trevas.

Continuar lendo “HERÓIS DOS QUADRINHOS: BILL FINGER E BOB KANE”

SÉRIE: LOVE, DEATH & ROBOTS (2019 – )

Futuros distópicos, viagens intergalácticas, tecnologias absurdamente avançadas, realidades alternativas e várias reflexões sobre o comportamento humano em relação ao mundo que o cerca. Tudo isso faz parte da ficção científica, um gênero tão abrangente que criou uma diversidade rica de subgêneros explorando os mais diversos temas e conceitos. “Love, Death & Robots”, uma das surpresas mais agradáveis da Netflix, chega com o intuito de aproveitar ao máximo toda essa diversidade. Continuar lendo “SÉRIE: LOVE, DEATH & ROBOTS (2019 – )”

CRÍTICA: ROMA (2018)

O público mais popular de cinema tem a ilusão de que para uma história ser boa ela precisa ter muitos acontecimentos incríveis e situações inimagináveis. No entanto, muito pode ser dito em filmes que contam apenas um trecho da vida simples de uma ou mais pessoas e partir disso serem criadas grandes obras de arte. A maior prova disso foi o destaque que “Roma”, filme mexicano lançado em streaming pela Netflix, ganhou nos meios cinematográficos mais tradicionais.

Continuar lendo “CRÍTICA: ROMA (2018)”

HERÓIS DOS QUADRINHOS: JEREY SIEGEL E JOE SHUSTER

Desde o tempo das cavernas, a humanidade expressa suas histórias por meio de desenhos. De hieróglifos e pinturas rupestres, passando pelo escudo de Aquiles e tapeçarias, até chegarmos, no final do século XIX, às histórias em quadrinhos que conhecemos hoje. A arte sequencial sempre foi importante para espalhar os mitos e narrativas fantásticas. Nessa série de textos, iremos explorar a vida e obra daqueles que foram responsáveis por reviver o arquétipo heroico grego com os Super-Heróis. Portanto, nada mais justo que começar do início: os criadores do Superman. Continuar lendo “HERÓIS DOS QUADRINHOS: JEREY SIEGEL E JOE SHUSTER”