E O TEMPO DEIXOU… “UM ESTRANHO NO NINHO” (1975) – A LIGA DOS MENTALMENTE INCAPAZES EM FORMAÇÃO

Há filmes que são maiores que sua época de lançamento. Sua execução e a mensagem embutida em suas histórias os levam à posteridade. Essa atemporalidade só é alcançada por uma combinação muito particular entre uma boa produção, esmero na direção e atores comprometidos com a visão tecida pelo filme. Conta, ainda, o respeito que seus roteiristas dispõem do material que o originou. Se “Um Estranho no Ninho” se encaixa perfeitamente nesses atributos, não é porque ele seguiu à risca uma fórmula para o sucesso, mas por ser, ele mesmo, um máximo exemplo de como ser um grande filme.

Continuar lendo “E O TEMPO DEIXOU… “UM ESTRANHO NO NINHO” (1975) – A LIGA DOS MENTALMENTE INCAPAZES EM FORMAÇÃO”