FRAGMENTO INQUIETO: HOLLYWOOD PARA MENORES

Você se lembra qual foi a última vez que chorou assistindo à um dramalhão no cinema? E qual foi última cena de sexo que você viu em detalhes na tela grande, consegue dizer? Provavelmente ou isso aconteceu nas décadas passadas ou você não assistiu às grandes bilheterias dos últimos anos. Acontece que os filmes de temáticas adultas foram praticamente abolidos de Hollywood nesta década. Repleta de franquias, animações e ficções científicas, o cinema mainstream da década de 2010 moldou-se ao seu público; um público escapista e, até mesmo, casto.

Continuar lendo “FRAGMENTO INQUIETO: HOLLYWOOD PARA MENORES”

FRAGMENTO INQUIETO: POR QUEM OS CLÁSSICOS DOBRAM

Pense em cinco filmes clássicos. A tarefa é fácil, mesmo para quem não é um cinéfilo. Nem é necessário ter assistido a um desses filmes para criar uma lista cheia de títulos aclamados, de épocas e gêneros distintos. Agora, tente explicar por que eles são considerados clássicos. Os motivos são igualmente diversos: todos conhecem, fizeram sucesso, são dirigidos por grandes diretores ou medidos pela quantidade de prêmios arrebatados.

Continuar lendo “FRAGMENTO INQUIETO: POR QUEM OS CLÁSSICOS DOBRAM”

FRAGMENTO INQUIETO: REFLEXÕES SOBRE O CINEMA BRASILEIRO

Se relembrarmos as notícias que se destacaram nesta última semana, as mudanças que ocorrem na Agência Nacional de Cinema (ANCINE) — ou sua provável extinção — não causaram tanta comoção em uma boa parcela da população. Afinal, de todas as notícias que podem afetar nosso cotidiano, se preocupar com alterações na produção de audiovisual no Brasil é algo quase frívolo.

Continuar lendo “FRAGMENTO INQUIETO: REFLEXÕES SOBRE O CINEMA BRASILEIRO”

FRAGMENTO INQUIETO: A CLASSE OPERÁRIA VAI AO ‘STRIP CLUB’

Há algumas décadas, um fenômeno era comum nos cinemas. Sem as inúmeras franquias ocupando a maioria das salas, filmes com orçamentos inexpressivos tinham a chance de se converterem em grandes hits. Eles chegavam de forma limitada ao circuito comercial e contavam com o boca a boca para ganhar fama.

Continuar lendo “FRAGMENTO INQUIETO: A CLASSE OPERÁRIA VAI AO ‘STRIP CLUB’”

FRAGMENTO INQUIETO: WHAT HAPPENED, MR. GERVAIS?

A elite de Hollywood foi tomada de assalto na 67ª edição do Globo de Ouro. No palco, o anfitrião daquela noite não parava de debochar da idiossincrasia dos atores e aplicou-se para tirar a limpo notícias saídas diretas das capas dos tabloides. Ciente do desconforto que causava, Ricky Gervais ensaiou uma mea culpa: sorridente, com um copo de cerveja em uma das mãos, deixou claro que sua intenção jamais foi ofender os presentes. Apontou inúmeras vezes para o copo e assumiu que não estava no seu normal. Por fim, tentou minimizar: “Eu gosto de uma bebida tanto quanto o próximo homem. A menos que o próximo homem seja Mel Gibson”.

Continuar lendo “FRAGMENTO INQUIETO: WHAT HAPPENED, MR. GERVAIS?”