CRÍTICA: BLACK MIRROR S05 (2019): A PIADA DE MAL GOSTO DE CHARLIE BROOKER

“Isso é muito Black Mirror” é uma frase que acabou caindo no vocabulário popular após o sucesso da série antológica de ficção científica criada por Charlie Brooker e exibida no mundo todo pela Netflix. As histórias extrapolam o desenvolvimento tecnológico a fim de mostrar de forma bastante realista como os seres humanos reagem a essas evoluções, para o bem ou para o mal. Com isso, o próprio nome da série se tornou sinônimo de quando aplicativos e gadgets nos assustam tamanho seu avanço e eficiência.

Continuar lendo “CRÍTICA: BLACK MIRROR S05 (2019): A PIADA DE MAL GOSTO DE CHARLIE BROOKER”

Anúncios

CRÍTICA: “DOR E GLÓRIA” – QUALQUER SEMELHANÇA COM A REALIDADE NÃO É MERA COINCIDÊNCIA

Salvador Mallo (Asier Flores) é um garotinho que vive em uma região humilde da Espanha. Apesar de morar com os pais, é com a mãe Jacinta Mallo (Penélope Cruz) que ele tem uma relação mais próxima. Jacinta é uma mulher forte, inteligente e insatisfeita com a condição de vida que oferece ao filho.

Continuar lendo “CRÍTICA: “DOR E GLÓRIA” – QUALQUER SEMELHANÇA COM A REALIDADE NÃO É MERA COINCIDÊNCIA”

CRÍTICA: “A LENDA DE GOLEM” – TRANSGRESSÃO EM ARGILA

A máxima de nunca julgar um livro pela capa – ou um filme pelo poster – nunca foi tão real. O poster de divulgação de The Golem, ou A Lenda de Golem, como foi lançado no Brasil, simplesmente sugere a ideia de que o filme nada mais é do que um terror dentro do padrão da indústria, o que o torna, à primeira vista, pouco atrativo. Entretanto, A Lenda de Golem explora caminhos para além do esperado de forma eficiente e significativa.

Continuar lendo “CRÍTICA: “A LENDA DE GOLEM” – TRANSGRESSÃO EM ARGILA”

CRÍTICA: “X-MEN: FÊNIX NEGRA” – O FIM DA ERA DA RAPOSA

Depois do fim do arco dos principais Vingadores em “Ultimato”, chega também ao fim a mais longeva franquia de filmes de super-heróis da história (“Os Novos Mutantes”, de 2020, ficará de fora por se tratar de um spin-off). A era dos X-Men na Fox, que durou incríveis 19 anos, se encerra com “Fênix Negra” e, sem dúvidas, deixará saudades devido a sua abordagem mais sóbria do gênero.

Continuar lendo “CRÍTICA: “X-MEN: FÊNIX NEGRA” – O FIM DA ERA DA RAPOSA”

CRÍTICA: “ALADDIN” (2019) – DISNEY E A PROFUSÃO DOS LIVE-ACTION

Mesmo para aqueles que não são fãs da clássica animação da Disney, produzida nos anos 90, é impossível não sentir a nostalgia assim que se inicia a primeira batida da trilha sonora de Aladdin de 2019. Talvez seja um trabalho mais desafiador para a produção atual, uma vez que a primeira versão se tornou um clássico com sucesso de críticas. Portanto, é quase impossível analisar sem fazer comparações. A Disney, desde 2015, com Cinderela, tem apostado na produção de live-actions, recriando animações clássicas que encantaram e vem acumulando fãs de muitas gerações. Entre os que foram produzidos recentemente, Aladdin é, sem dúvidas, a proposta que mais acertou na releitura.

Continuar lendo “CRÍTICA: “ALADDIN” (2019) – DISNEY E A PROFUSÃO DOS LIVE-ACTION”

CRÍTICA: “GODZILLA II: REI DOS MONSTROS” (2019) – TODOS QUEREM SALVAR O MUNDO, MAS CADA UM DO SEU JEITO

“Godzilla: Rei dos Monstros”, novo longa de Michael Dougherty, se inicia relembrando a caótica primeira aparição do monstro, ocorrida em 2014, retratada no primeiro filme da nova franquia. Cinco anos depois, a preocupação da humanidade recai sobre a tentativa de evitar um novo desastre, já que Godzilla não é o único grande monstro milenar vivendo no planeta.

Continuar lendo “CRÍTICA: “GODZILLA II: REI DOS MONSTROS” (2019) – TODOS QUEREM SALVAR O MUNDO, MAS CADA UM DO SEU JEITO”