CRÍTICA: “VINGADORES: ULTIMATO” (2019) – UM FILME HISTÓRICO

O texto não possui spoilers. 

Na maioria das vezes, é difícil posicionar um filme na história do Cinema e medir seu impacto na sociedade sem o tão necessário distanciamento histórico. Mesmo aqueles primores em qualidade de enredo e estrutura não possuem garantia de ficarem marcados como clássicos definidores de uma era. Entretanto, alguns casos são tão evidentes, devido às inovações no modelo de produção da indústria e no impacto causado na cultura pop, que não há escolha a não ser afirmar que são marcados em uma época. “Vingadores: Ultimato”, resultado de onze anos de um competente desenvolvimento de personagens que é responsável por trazer os quadrinhos de super-heróis de volta ao main stream, é o ponto de culminação do, talvez, maior fenômeno da cultura pop desde Star Wars. E sim, é também um excelente filme.

Continuar lendo “CRÍTICA: “VINGADORES: ULTIMATO” (2019) – UM FILME HISTÓRICO”

Anúncios

CRÍTICA: HOMEM ARANHA: NO ARANHAVERSO (2018)

“Homem Aranha: No Aranhaverso” narra a história de Miles Morales (Shameik Moore), um garoto latino-americano filho de um policial chamado Jafferson Davis (Brian Tyree Henry). A relação entre pai e filho não é perfeita, apesar de dos dois claramente se amarem, há um conflito entre eles devido à cobrança do pai para que o filho estude em uma boa escola e siga um modelo de bom aluno. Morales, ainda que muito inteligente, não almeja seguir esse modelo, seu desejo é voltar para a antiga escola e fazer grafite. O interesse pelo grafite o aproxima de seu tio, Aaron Davis (Mahershala Ali), que possui uma briga antiga com o irmão, Davis.

Continuar lendo “CRÍTICA: HOMEM ARANHA: NO ARANHAVERSO (2018)”

SPIDER-MAN: HOMECOMING (2017)

A jornada do Homem-Aranha nos cinemas tem sido tortuosa, para se dizer o mínimo. Depois de dois ótimos filmes, Sam Raimi, o então responsável pela franquia, entregou o terceiro tenebroso fazendo a Sony recomeça-la anos depois com Andrew Garfield como protagonista. Foram produzidos dois bons longas, mas nada que fizesse justiça ao personagem. Então, mais uma vez, a franquia foi colocada na geladeira. Foi aí que a Marvel Studios fez um acordo de coprodução com a Sony conseguindo introduzir o herói em seu próprio universo cinematográfico.

Continuar lendo “SPIDER-MAN: HOMECOMING (2017)”