BLADE RUNNER 2049 (2017)

“O que nos torna humanos?” Este parece ser o questionamento principal da história criada por Philip K. Dick em seu romance “Androides sonham com ovelhas elétricas?”, de 1968, que foi maravilhosamente adaptado para o cinema em “Blade Runner” (1982), dirigido por Ridley Scott. Nas primeiras cenas da recente continuação “Blade Runner 2049” fica evidente qual é a intenção do novo diretor Denis Villenueve: manter a essência da obra original sem deixar de imprimir sua própria marca. O novo filme nos tras um novo enredo sem deixar a essência do primeiro de lado mantendo a filosofia presente desde o livro de Dick.

Continuar lendo “BLADE RUNNER 2049 (2017)”

Anúncios

LA LA LAND (2016)

Na virada do século, havia grandes expectativas em M. Night Shyamalan. O diretor fora comparado a Spielberg por diversos críticos e tudo indicava, até o lançamento de seu quarto filme, que a sua carreira apontava para o absoluto sucesso. Entretanto, o diretor se perdeu em projetos extremamente auto referenciais e o pedantismo tomou conta. Expectativas, às vezes, não se tornam concretas, mas – felizmente – às vezes sim. Depois de “Whiplash” e agora com “La La Land”, tudo indica que Damien Chazelle entrará de cabeça no lado positivo da expectativa.

Continuar lendo “LA LA LAND (2016)”